Visualização de Dados para Gestores de Projeto? Porquê? Para quê?

A literacia em visualização (de dados) é uma necessidade cada vez maior para o comum dos cidadãos tanto para perceber e para comunicar como para desenvolver um (indispensável) sentido crítico. Para os gestores de projeto é uma ferramenta cada vez mais indispensável. Nesta conversa tentarei explicar porquê e para quê. Deixarei algumas pistas para os mais interessados desenvolverem o eventual interesse que já tenham ou que despertou com esta sessão. Para isso tenho que responder a algumas questões essências tais como, qual o objetivo da visualização de dados? Qual a ideia central da VD? Porque é tão fácil desenvolver visualizações ineficazes ou mesmo enganadoras?

Orador

João Moura Pires é Professor Associado no Departamento de Informática da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade NOVA de Lisboa. Doutorou-se em 2000 em Informática / Inteligência Artificial pela Universidade NOVA, em Lisboa. 

Seu atual interesse de investigação está nos seguintes tópicos: Análise de dados, Mineração de dados e Visualização de dados e, em particular, Análise e Visualização espaço-temporais. Interesses de pesquisa anteriores incluem: Sistemas de Informação, Business Intelligence, Programação com Restrições, Conjuntos Fuzzy e Lógica Fuzzy. Supervisionou com êxito 3 estudantes de doutoramento e mais de 50 alunos de Mestrado. 

Organizou ou colaborou na organização de vários eventos científicos. E autor (ou co-autor) de mais de 70 artigos em revistas e conferências científicas da especialidade.

Moderadora

Raquel Albuquerque é jornalista no Expresso desde 2014. Licenciada em Ciências da Comunicação na Universidade Nova de Lisboa, estudou na Bélgica durante seis meses e fez um mestrado em Relações Internacionais em Saint Andrews, na Escócia. Trabalhou como freelancer até ter descoberto um novo mundo no jornalismo de dados. Tudo começou com uma bolsa de investigação em Jornalismo Computacional no Público, durante dois anos, no âmbito de um projeto financiado pela FCT e pela Universidade do Texas em Austin. 

Entrou no Expresso para fazer jornalismo de dados, girando à volta de tabelas e Excel, células e colunas, estatísticas e gráficos. Primeiro, na secção de Multimedia, depois na Política e agora na Sociedade. Em 2018, terminou a pós-graduação em Visualização de Informação, organizada pela NOVA FCSH, FCT e IMS. Está atualmente a frequentar um curso de Análise de Dados com Python.

Agenda

> 28 de Outubro | 18:00 – 19:00

PDUs

> 1 PDU 

Preço

> Gratuito. Inscrição obrigatória.

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on reddit